segunda-feira, 30 de maio de 2011

De olhos em bico...

No outro dia chegaram a casa com uns brinquedos comprados pelos tios na loja dos chineses. Fartaram-se de brincar e, ao fim de algum tempo, parte das peças estava partida.

Ao jantar, tivemos uma conversa em que lhes explicamos que não gostávamos de comprar produtos nas lojas dos chineses pois, para além da qualidade duvidosa dos produtos, estes são mais baratos porque nas fábricas onde são produzidos os trabalhadores são explorados trabalhando horas a fio em troco de quase nada.
- Imaginem que o papá saía todos os dias de casa de madrugada, quando vocês ainda estão a dormir, e só chegava à noite, depois de já terem ido para a cama, e, no final do mês, em vez de dinheiro, trazia para casa... arroz.
- E aos fins de semana também? - pergunta o P..
- Sim, os fins de semana também. Não havia férias nem dias feriados.
- E não brincava connosco? - insiste o P.
- Não, pois chegava a casa muito cansado e sem energia para brincar.
- E comíamos arroz todos os dias? - pergunta a T., sempre prática.
- Sim, todos os dias.
- Não estou a ver qual é o problema: eu ADORO arroz! - responde o S., com a sua voz rouca e humor inconfundível.

-----------------------------------------------
Na sexta, ao final da tarde:
- Então, T. e S., gostaram do piquenique de final de ano? - pergunto.
- Siiim! - responderam em uníssono.
- O parque tinha imensos divertimentos e
foi mega-fixe! - acrescenta o S..
- E sabes que fomos num comboio pequenino? - pergunta a T..
- Ai foi? - pergunto eu, simulando espanto.
- Sim, e sabes quem estava no comboio? - continua a T..
- Não...
- A Mickey e o Minnie. - ela confunde sempre ;)
-
É mesmo?
- Sim! E sabes que música eles nos ensinaram para cantarmos na viagem quando vínhamos embora?
- Não, mas aposto que me vais dizer...
- Sim, era esta: (e começa a dançar e bater palmas) O pai da criança, eu sei lá sei lá, o pai da criança eu sei lá sei lá...

Ai a minha vida, eu sei lá sei lá...

------------------------------------------
Ontem:
- Ó mãe, qual é o teu email? - pergunta-me o P., com uma voz de que só-estou-a-perguntar-por-perguntar-não-é-nada-de-especial.
- Para que é que queres o teu email?
- Ah e tal, é porque o M. da minha escola costuma jogar o jogo Habbo e eu já fui ao site mas não consigo entrar porque é preciso um email.
- Mas afinal que site é esse?
- É um onde os meninos se juntam a jogar uns com os outros. Eu prometo que não converso com ninguém!
- P., e sabes se este site é seguro?
- Sim, a mãe do M. deixa-o jogar!
- E sabes se é para meninos de 7 anos?
- Não, é para maiores de 13, mas o M. ensinou-me como posso fazer para fingir que tenho 13 anos.


Say whattttt??
Naturalmente que não o deixei jogar. Ainda assim, prometi-lhe que iria informar-me melhor sobre o conteúdo do site (cheira-me a uma versão "infantil" do Second Life, o que não me agrada nada...)
Link

6 comentários:

Mãe(q.b.) ao quadrado disse...

ahahahah uma melhor q a outra...

mas é verdade fazem estes sites prós miudos tão novos q depois mm eles querem é estar na onda dos outros!
acreditas q há um second life prós miudos de 4 anos?

é ridiculo!

jocas

mdemae disse...

olá.
Acabei de me inscrever no site. vamos ver no que dá ;)

beijocas!

sofia disse...

Ai cruzes!!!
Realmente é cada uma "melhor" que a outra!
Saíram-te cá uns espertalhões! ;)

inesn disse...

A Sara outro dia cantarolava cá por casa: "aperta, aperta com elaaaaa"!!

O.O

ia-me dando uma coisinha má!

Jane & Cia disse...

o J. parece que vai dançar essa música na festa de final do ano no infantário... isso é que é grave....

mdemae disse...

oh Jane... estás tramada! :)
Inês, houve um ano, logo após o S. João (porque será?) que os meus não se calavam com essa música :p
Sofia, espera a Inesita crescer mais um pouco :D