sexta-feira, 13 de agosto de 2010

ainda me esperam um par de horas de trabalho (árduo) pela frente...

(foto retirada)


... mas posso já avançar com:

VOU ALI DE FÉRIAS E JÁ VOLTO!!


:<)

(ok, agora que descarreguei a histeria vou continuar a trabalhar...)

terça-feira, 10 de agosto de 2010

silly season

Saio para a rua no intervalo para almoço ou ao final da tarde: ruas apinhadas de gente. Turistas.
Quero apanhar o transporte para casa e é complicado abrir caminho através do calor insuportável e pelo meio de magotes que estão, simplesmente porque é bom estar sem fazer nada, parados a olhar edifícios ou a tirar fotografias. Suo em bica e lá consigo chegar a uma paragem de metro/autocarro que tarda em chegar porque yá e tal são as férias escolares e há menos gente a andar de metro/autocarro... Quando finalmente o bólide chega vem apinhado e mais apinhado fica porque yá e tal são as férias escolares e há menos gente a andar de metro/autocarro...


Quero almoçar qualquer coisa rápida e de repente os empregados de café tornam-se menos simpáticos, bem como os preços que praticam... Falam comigo numa língua estranha como se eu fosse uma loira de um metro e oitenta e não andasse por lá durante todo o santo ano...

Sou assediada também pelos guias turísticos que me impingem mapas e passeios de combóio (?) pela baixa da cidade. Os mesmos guias, todos os dias...

Eu sei que o que eu tenho é inveja e que não me importava nada de andar a vegetar por uma cidade desconhecida, ao sabor do tempo, a olhar os edifícios e a tirar fotografias...
Oh férias, quero-vos aqui... já!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

sou uma malvada... desculpem!


Há anos que sonhamos com um cão.

Com o facto dos meninos crescerem com um animal por perto, para cuidarem e para mimarem...
Mas o facto de vivermos num apartamento sem quintal e os miudos serem tão pequenos foi adiando consecutivamente a nossa decisão.

Mas agora que temos um terraço e que a criançada está mais autónoma, decidimos avançar com a adopção (canina, claro, está! não quero causar mais mal-entendidos ;).

Por coincidencia, uma amiga que tem uma cadelinha labrador gostava que esta tivesse crias e prometeu-nos um cachorrinho quando isso acontecesse.
A cadela ainda é novinha, vai agora no seu segundo periodo menstrual. Quando tiver a terceira regra, já poderá acasalar, e como está prometida a uma belo cão da mesma raça, estimamos que pelo início da Primavera iremos embarcar na nossa nova aventura!


Só quando a minha irmã me ligou completamente banzada pois pensava que estava grávida, é que eu percebi que se calhar fui um pouco longe demais no blogue...

Assim, aqui fica o meu pedido de desculpas a todos(as)!

For the record: o p-de-pai adoraria que tivessemos mais um filhote. eu confesso que estou a gostar do facto dos miudos estarem a crescer e de ver a nossa logística ser simplificada a cada dia que passa.
Mas a ampliação da família não está totalmente fora de questão... no way ;)...